Saúde mental vale mais que ouro; por que decisão de Simone Biles é exemplo

Simone Biles, a ginasta norte-americana de 24 anos, estava cotada para nada mais, nada menos do que seis medalhas de ouro nos Jogos de Tóquio. Tanta expectativa não era à toa: embora jovem, Simone já tem bastante experiência e soma resultados incríveis —são mais de 30 medalhas em Mundiais e Olimpíadas, incluindo quatro ouros na Rio 2016. No Japão, não era esperado que ela errasse movimentos, nem que ela ocupasse outro lugar além do mais alto do pódio, muito menos que ela desistisse de provas.

Mas na última terça-feira (27), a estrela da seleção americana pediu para sair da competição por equipes após encaixar um salto com erro na aterrissagem e tirar uma nota baixa para seus padrões. A princípio, a comissão técnica deu uma explicação abrangente —disseram que Biles estava na reserva por “questões de saúde”.

Matéria completa:

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/07/28/simone-biles-sai-de-prova-por-saude-mental-atletas-devem-priorizarbemestar.htm

COMPARTILHE:

Menu
× Como posso te ajudar?