Luan inicia tratamento de lesão incomum e aumenta problemas físicos do SPFC

O volante Luan sofreu uma lesão incomum, mas que não chega a ser considerada grave pelos médicos do São Paulo. No treino da noite de quarta-feira (13), o primeiro sob o comando de Rogério Ceni, o jogador deixou o gramado do Morumbi de maca depois de sofrer uma avulsão tendínea no músculo adutor da coxa esquerda. A avulsão tendínea acontece quando o músculo se desgruda do osso. Em alguns casos, como o de Luan, ele acaba levando junto um pequeno pedaço do osso. O volante já começou o tratamento no departamento médico do São Paulo. Na manhã de hoje (15), Rigoni postou uma foto dos dois deitados em macas no CT da Barra Funda.

“A avulsão tendínea não é algo tão casual como uma ruptura muscular. Mas nessa região em que o Luan se machucou, ela não chega a ser tão grave assim”, explica Nemi Sabeh Jr., coordenador médico da seleção brasileira feminina de futebol e integrante do núcleo de especialidades do Hospital Sírio-Libanês. De acordo com Sabeh, quando a avulsão tendínea acontece em outras regiões, como no bíceps, uma das opções de tratamento é por meio de cirurgia. No caso de Luan, que sofreu na coxa, o processo de recuperação será conservador. Ele ficará de repouso para que haja a cicatrização. O São Paulo não estimou o tempo que ele precisará para voltar aos gramados.

Materia completa em :https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/10/15/luan-inicia-tratamento-de-lesao-incomum-e-aumenta-problemas-fisicos-do-spfc.htm

COMPARTILHE:

Menu
× Como posso te ajudar?