‘É do hotel pro ônibus, do ônibus pro campo, do campo e volta’, médico da Seleção feminina fala sobre rotina e preparação em Tóquio

Nemi Sabeh Junior conversou com a TNT Sports sobre as estratégias para os Jogos Olímpicos

As meninas da Seleção completaram oito dias no Japão e já fizeram a estreia com cinco gols contra a China, além de terem empatado em 3 a 3 com as holandesas. Nesse momento, o maior desafio é manter toda a equipe preparada, com saúde e bem longe dos casos positivos de Covid-19, já registrados no evento.

Em entrevista exclusiva para a TNT Sports, o médico da Seleção feminina, Nemi Sabeh Junior, falou sobre isso. Segundo ele, as infecções não acontecem na Vila Olímpica ou nos hotéis. Atletas chegaram a Tóquio já infectados.

“É muito comum que a pessoa pegue a infecção e os testes de diagnóstico não deem positivo, principalmente nos primeiros três a cinco dias do contágio. Quando o atleta ou a pessoa contaminada sai do país dele e chega no Japão, pode ser que todos os testes estejam negativos. Mas, no quinto dia ele teste positivo”.

Antes de irem para os Jogos, Bruna Benites e Erika chegaram a contrair a Covid-19 e precisaram passar por uma avaliação clínica completa para retornarem aos campos, incluindo exames cardiológicos. Mas, agora, todas estão bem e com o mesmo rendimento de antes. 

Dentro das áreas de responsabilidade do Comitê Olímpico, os cuidados são ainda maiores. Nemi contou para a TNT que todos as atletas e membros da comissão ficam protegidos “dentro de uma bolha”, no hotel.

A equipe tem acesso a um andar e apenas um elevador pode ser utilizado, Ninguém pode sair do hotel e nem circular em outras áreas (jardim, piscina…). São feitos testes de Covid-19 diariamente. Toda a equipe foi vacinada. Todos os funcionários do hotel utilizam máscara o tempo inteiro. Os quartos são higienizados todas as vezes que ficam desocupados. 

Uma lesão grave na maior competição esportiva do planeta é outro fantasma que assombra a preparação das atletas. Nemi trabalha em conjunto com a técnica Pia Sundhage para evitar qualquer sobrecarga.

Matéria completa :

https://tntsports.com.br/olimpiadas/E-do-hotel-pro-onibus-do-onibus-pro-campo-do-campo-e-volta-medico-da-Selecao-feminina-fala-sobre-rotina-e-preparacao-em-Toquio-20210724-0006.html

COMPARTILHE:

Menu
× Como posso te ajudar?